Vitor Hugo Cardoso dos Santos

Uncategorized 1 Comment »

Jorge Hugo e Turuga por nilton santolin

Jorge Hugo e Turuga por niltonsantolin

Turuga meu irmão, meu parceiro de infindáveis caminhadas pelo perfume jasmin da cidade baixa, da filosofia de sarjeta, de dividir cheese na perimetral, de devaneios pelos universos residentes lá dentro da cabeça dele, das letras de músicas, de frases inteligentes: a minha senha do banco é um poema dele, do abraço – e que abraço, da clô e do Jorge Hugo. De pichações memoráveis: “Essa fêmea me corrói” e “Os drogados não são felizes”

Turuga querido, que bom… sou turuga também,

levaste um tanto serginho de mim.

Um beijo!

Sarau de volta!

Uncategorized No Comments »

Sarau Humor com a presença de Iotti e Raddicci
nem sempre nesta ordem…

 

sarauhumor01

 

sarauhumor3

 

sarauhumor2

 

sarauhumor4

 

Com direito a mão boba de cera!

Turuga – O último dos pokemons

Uncategorized 1 Comment »

Turuga por santolin

Vítor Hugo Cardoso dos Santos (1963 -2008)

por ele mesmo:

quem sou eu:

Um tipo raro de Pokémon.

Aliás, da minha espécie só restaram três;Eu, Luiz de Miranda e Aracy Balabanian.

……………………..

Um erotômano.

Um hedonista.

Um voyer.

Um boi da guampa torta.

O terceiro filho da D. Mercedes com o Seu Lauro.

O mais convicto dos ateus.

Um cara que não dá a mão a anjo algum.

Um prostituto que se apaixona!

Enfim… um ser frívolo, fútil e vil.

Alguém que não gosta de Vinícius de Moraes, Luis Fernando Veríssimo e Carlos Drummond de Andrade e pronto.

Um idiota de sorte. Um ente de alma gasta, prisioneiro voluntário da luxúria, da lascívia e dos desatinos sensorias. Um sujeito que cai atirando. Alguém que vomita a alma mas não resiste ao apelo do carrossel.

Um mix de exú com lorde, de príncipe com basilisco. O mais afetuoso e leal dos amigos e o mais asqueroso e peçonhento dos desafetos. O Amiguinho do Monstro. Alguém que não usa sapato, jeans, jaqueta de couro e óculos ray-ban sob hipótese alguma. Uma pessoa que passa mal quando houve reggae, pagode e sertanejo.

Alguém que acha machismo, homofobia, racismo e inveja, evidências insofismáveis de mau caratismo.

Um cara que até pouco tempo tinha sonhos tórridos com Lucélia Santos no papel de Escrava Isaura.

Alguém que não consegue entender a utilidade da humildade, da modéstia, do perdão e dos DJ`s. Alguém que acha religião coisa de gente desocupada. Um cara que não teria a menor chance num concurso de miss simpatia. Alguém que desplugou o grande cardume humano para poder amar mais e melhor alguns indivíduos.

Alguém que quanto mais conhece sua espécie, mais admira os pepinos do mar. Um cidadão que votou no Lula e ficou com cara de cu. Alguém com uma facilidade enorme para ser sincero e que também já foi romântico, comunista e bem mais idiota.

Enfim… um ser humano meigo e bom que só consegue dormir se tiver às mãos o seu paninho.

…………………………..

Sou contraditório, sou imenso.
Tenho multidões dentro de mim.
(Walt Whitman)

Divagações endêmicas de MH

Uncategorized 1 Comment »

“Hoje, refletindo sobre o efeito do nada sobre porra nenhuma, me dei conta de que somos um país governado por um analfabeto alcoólatra que assinou uma reforma ortográfica e instituiu uma lei seca…”

Mario Henrique O

O time completo

Uncategorized No Comments »

Trigemeos

 

Com a chegada do irmão mais novo, a casa ganha cores e tonalidades mais vibrantes:

WP Theme & Icons by N.Design Studio
Entries RSS Comments RSS Acessar
Creative Commons License
Blogtraquio by Blog is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil License.
Based on a work at www.domine.com.br.